•  
  • Iniciar sessão | Subscrição
Quarta 23/07/2014
Eurosport
 

Home

 

Atletismo

18/08/2013 - 20:14 - Updated 18/08/2013 - 21:34

Mundiais: Jamaica vence duas estafetas 4x100 metros


Mundiais: Jamaica vence duas estafetas 4x100 metros - Atletismo
Eurosport

A Jamaica conquistou a medalha de ouro na prova dos 4x100m masculinos nos Mundiais de Atletismo em Moscovo que terminaram este domingo.

O quarteto composto por Nesta Carter, Kemar Bailey-Cole, Nickel Ashmeade e Usain Bolt não deu hipóteses à concorrência cortando a meta em primeiro com um tempo de 37 segundos e 36 centésimos, a melhor marca do ano.

Bolt foi decisivo ao imprimir um ritmo frenético nos últimos 100m deixando bem para trás Justin Gatlin dos Estados Unidos que se tiveram de contentar com a medalha de prata.

Bolt assegurou assim o seu terceiro título nos Mundiais de Moscovo, depois dos triunfos nos 100m e 200m. Atingiu outro registo histórico, pois juntou-se, com a sua oitava medalha de ouro, aos norte-americanos Carl Lewis, Michael Johnson e Allyson Felix no grupo de atletas com mais títulos em Mundiais.

A formação da Grã-Bretanha que tinha ficado em terceiro foi desclassificada por irregularidade na transmissão do testemunho passando a medalha de bronze para o Canadá.

 

Asbel Kiprop de novo campeão do mundo

Asbel Kiprop renovou o título mundial dos 1500 metros masculinos. O atleta queniano de 24 anos terminou a distância em 3 minutos, 36 segundos e 28 centésimos, deixando na segunda posição o norte-americano Matthew Centrowitz, que há 2 anos em Daegu conquistou a medalha de bronze. O sul-africano Johan Cronje ficou na terceira posição.

O vice-campeão do mundo há dois anos, o queniano Silas Kiplagat, foi uma das desilusões do dia ao terminar numa modesta sexta posição.

 

Tamgho voa mais de 18 metros

Teddy Tamgho levou para casa a medalha de ouro do triplo salto masculino. O gaulês fez a melhor marca com 18 metros e 4 centímetros, um novo recorde de França. O cubano Pedro Pichardo ficou com a medalha de prata enquanto Will Clay, dos estados unidos, fechou o pódio.

Esta é a primeira vez em 17 anos, altura em que Jonathan Edwards estabeleceu o recorde mundial, que ainda vigora, de 18,29m, que um saltador ultrapassou os 18m.

 

Mundiais: Jamaica vence duas estafetas 4x100 metros - Atletismo

Jamaica… Novamente.

A Jamaica conquistou a medalha de ouro na estafeta dos 4 por 100 metros femininos. O quarteto das caraíbas, composto por Carrie Russell, Kerron Stewart, Schillonie Calvert e Shelly-Ann Fraser Pryce, terminou a prova com o tempo de 41 segundos e 29 centésimos, um novo recorde dos campeonatos, relegando para a segunda posição o quarteto norte-americano, que há dois anos se tinha sagrado campeão do mundo. A grã-Bretanha terminou no último lugar do pódio. A França, que tinha ficado na segunda posição acabou por ser desclassificada depois de uma passagem de testemunho fora da zona regulamentar.

Destaque para Shelly-Ann Fraser Pryce que fechou estes mundiais com chave de ouro. A jamaicana de 26 anos conquistou 3 primeiros lugares em Moscovo, fruto das vitórias nas provas dos 100, 200 e 4 por 100 metros.

 

Eunice Jepkoech Sum leva ouro nos 800 metros

Nos 800 metros femininos, a medalha de ouro foi para a queniana Eunice Jepkoech Sum. A atleta africana garantiu o título mundial ao cortar a meta com um tempo de 1minuto, 57 segundos e 38 centésimos numa prova em que a norte americana Alysia Johnson Montano liderou com ritmo digno de recorde mundial até à ponta final mas acabou por quebrar nos últimos metros caindo em cima da linha. A campeã do mundo e campeã olímpica Mariya Savinova da Rússia foi medalha de prata enquanto Brenda Martinez dos Estados Unidos foi medalha de bronze.

 

 

Christina Obergföll chega finalmente ao ouro em grandes competições

No lançamento do dardo feminino, o ouro foi para Christina Obergföll. A alemã, que tinha ficado em quarto há 2 anos nos mundiais e tinha sido vice-campeã olímpica em Londres, fez o melhor lançamento a 69m05cm, estabelecendo o seu melhor registo da temporada. A australiana Kimberley Mickle levou para casa a medalha de prata, com 66 metros e 60. A russa Mariya Abakumova, a anterior campeã do mundo, ficou com o bronze, repetindo o terceiro lugar obtido nos campeonatos do mundo de Berlim, em 2009.

Esta foi a primeira medalha de ouro de Obergföll em grandes competições.

Eurosport - David Alvito

“Pesquisa Programação” Ex. : Futebol, Champions League, Eurogoals…

 

Mais artigos - Atletismo

Maratona Londres: Farah quer recorde na estreia - Atletismo

Atletismo - Maratona Londres: Farah quer recorde na estreia

Este domingo corre-se a Maratona de Londres. A par da presença da elite mundial de fundistas a prova vai marcar a estreia do britânico Mo Farah em maratonas.

Mundiais Sopot: Kilty vence ouro nos 60 metros - Atletismo

Atletismo - Mundiais Sopot: Kilty vence ouro nos 60 metros

Richard Kilty foi catapultado para o estrelato este sábado ao vencer o ouro nos 60 metros masculinos nos Campeonatos do Mundo de Pista Coberta em Sopot, Polónia

Estados Unidos com único recorde mundial em Sopot - Atletismo

Atletismo - Estados Unidos com único recorde mundial em Sopot

Os norte-americanos conquistaram a medalha de ouro na estafeta 4x400 metros no Campeonato do Mundo de Atletismo de Pista Coberta, na Polónia.

Mundiais de pista coberta: Whiting revalida ouro - Atletismo

Atletismo - Mundiais de pista coberta: Whiting revalida ouro

No primeiro dia de competição em Sopot, Ryan Whiting revalidou o título de campeão do mundo de lançamento do peso em pista coberta.

Elite mundial entra em ação em Sopot - Atletismo

Atletismo - Elite mundial entra em ação em Sopot

Esta sexta-feira arranca a 15.ª edição dos Mundiais de atletismo em pista coberta em Sopot, na Polónia, competição para ver no Eurosport.

Pistorius: "Vou carregar para toda a vida o trauma" - Atletismo

Atletismo - Pistorius: "Vou carregar para toda a vida o trauma"

Atleta paralímpico falou pela primeira vez desde a morte da namorada Reeva Steenkamp.

Bolt: "Posso baixar dos 19 segundos nos 200m" - Atletismo

Atletismo - Bolt: "Posso baixar dos 19 segundos nos 200m"

É o rei do atletismo contemporâneo, mas é mais do que isso. Mostramos-lhe o outro lado de Usain Bolt na entrevista que Maurice Green fez ao jamaicano no Mónaco,

Tamgho fratura tíbia e falha mundiais "indoor" - Atletismo

Atletismo - Tamgho fratura tíbia e falha mundiais "indoor"

Tempo de paragem ainda não é conhecido mas a participação nos mundiais "indoor", agendados para Março, está excluída.

Bolt e Shelly-Ann distinguidos pela IAAF - Atletismo

Atletismo - Bolt e Shelly-Ann distinguidos pela IAAF

Os dois atletas jamaicanos foram distinguidos com o prémio de atletas do ano.

Gala IAAF: Os melhores do ano LIVE - Atletismo

Atletismo - Gala IAAF: Os melhores do ano LIVE

Valerie Adams, Shelly-Ann Fraser-Pryce e Zuzana Hejnova no setor feminino; Usain Bolt, Bohdan Bondarenko e Mohamed Farah são os finalistas entre os homens.